31 outubro, 2009

Eu Sou



"Eu sou a Deusa de dez mil nomes e infinitas possibilidades...
Eu danço e com meu corpo traço a magia de Ser e Existir...
Minha cabeça se movimenta como a SERPENTE que é o meu símbolo...
Sou SERPENTE...
sinuosa, escorregadia, misteriosa...
vivo na mente dos homens e nem por isso sou conhecida...
sou temida, pois desconhecem minha força...
troco de pele e com isso renasço...
Tenho asas...

os meus BRAÇOS se estendem em todas as direções,
expandindo minha energia,
me levando para todos os lugares...
sou pássaro que voa sem destino,
sou serpente que chega aonde quer...
Tenho em mim o segredo dos elementos,
minhas MÃOS dão e recebem de acordo com minha vontade...
doar...
reter...
receber...
ações determinadas por mim,
de acordo com o momento...
mas sempre...
sempre...
interagir...
ser uma em tudo...
Os meus SEIOS despertam o desejo e saciam a vontade dos homens,
sou o leite que dá a vida,
e em mim todos encontram o ritmo perfeito de Morgana das fadas...
mesmo em um leve movimentar de OMBROS...
O meu VENTRE...
ele é o caldeirão do conhecimento,
chave dos tesouros, dos mistérios,
dos prazeres escondidos...
mas para chegar até ele,
não tente ir em linha reta...
não sou racional...
me procure na SINUOSIDADE dos movimentos da terra,
o meu corpo é a própria terra...
Em movimentos eu me entrego e me faço querer...
Se estiver pronta, me siga...
deixo através de meus PÉS cada pegada marcada,
ensinando a você como chegar até mim...
e quando me encontrar,
esteja preparada para olhar em meus OLHOS...
pois são eles o portal para o meu mundo...
Lá, encontrará o CORRER DAS ÁGUAS...
o DESPERTAR DO FOGO...
e então,
você poderá dizer se conhece ou não a FORÇA DA MÃE TERRA".

por Allys Madron

Um comentário:

Stella disse...

A mais perfeita descrição do nosso sagrado feminino...Num tempo onde falta respeito a tudo este texto serve de exemplo em sua totalidade...Maravilha!!!