12 junho, 2007

Feitiços


A maioria das pessoas que busca a Bruxaria o faz buscando feitiços de amor, proteção, prosperidade, entre outros.


Para tais pessoas: bruxaria não é terapia de auto-ajuda!

Não se pode achar que a Bruxaria, ou qualquer outra forma de religiosidade irá acabar com todos os nossos problemas. Isso é um erro tremendo, incorporado na sociedade pela mentalidade cristã, que nunca atribuiu a nós mesmos as responsabilidades pelos nossos atos.
Nos foi ensinado que tudo de bom que nos acontece, era "pela dádiva de Deus", não porque lutamos para que tal fato ocorresse. O mesmo valia para os acontecimentos ruins. Não dá pra viver acreditando num bode expiatório o tempo todo.
E é por essa razão que as pessoas procuram tanto feitiços de amor ou de qualquer outro tipo para resolver problemas de sua vida. Mas as coisas não são bem assim. Se bruxaria resolvesse tudo, todas as bruxas seriam milionárias, pois adivinhariam os números da loteria repetidamente.
No entanto, em nenhum lugar está escrito que as Bruxas não devam utilizar a magia para benefício próprio; muito pelo contrário! A magia deve sim ser utilizada para ajudar a nossa vida - da cura ao amor, da prosperidade às boas colheitas. E sempre foi assim. O fato é que jamais uma pessoa deve ficar dependente da magia, assim como de qualquer outra coisa. Devemos ser autônomos e responsáveis pelos nossos atos. Qualquer dependência é sinal de desequilíbrio.

A questão é: feitiços manipulativos ou não-manipulativos. Não existem feitiços não-manipulativos!


Ao fazermos um feitiço, estamos lidando com energias. E aprender a fluir com o ritmo da Natureza é a essência da bruxaria, que resulta na arte de fazer feitiços a partir de elementos naturais.
Ao aprender a fluir com tais energias, progressivamente, na bruxaria, vamos aprendendo como moldá-las, ou manipulá-las. O fato de realizarmos um feitiço significa que não acreditamos em destino, da forma como é dito, que "tudo está escrito" etc. Significa que nós mesmas construímos as nossas vidas, e é neste contexto que os feitiços estão inclusos. Moldamos as energias de forma a nos beneficiar ou beneficiar alguém.
Infelizmente, há Bruxas que manipulam tais energias para prejudicar outras pessoas, mas com o perdão da palavra, todas terão o que merecem.
Não existe feitiço eficiente sem vontade!


Significa que, se a Bruxa não tiver uma real necessidade de resolução de um determinado problema, ela não estará gerando energia suficiente para que o feitiço funcione.
Sabe aquele velho caso da pessoa que não é Bruxa, mas realiza um feitiço simples com uma vontade imensa e sincera em seu coração, e ele acaba dando certo? Isso acontece porque o elemento mais importante nos feitiços é, a sua intenção e a necessidade que você tem. Você precisa estar desejando aquilo com muita convicção, senão não dará em nada.
Então qualquer pessoa pode fazer feitiços?
Até pode, mas:
- Como bruxa, você aprende como fazer os feitiços, entende o que tem por trás, porque tal ingrediente está ali etc;
- Como bruxa, conhecedora da Natureza, você saberá o que fazer na hora certa, o que usar etc., sem precisar consultar o primeiro site de bruxaria mais próximo apenas quando necessita;
- Como bruxa, você sabe o que está fazendo;
- Como bruxa, você estuda e desenvolve novas práticas que farão seus feitiços serem cada vez mais eficazes, pois estará se desenvolvendo dentro da religião como um todo, não apenas na superfície;
- Como bruxa, você não pegará um feitiço pronto e o realizará "às escuras". Você faz seus próprios feitiços.
Enfim, eu poderia ficar horas escrevendo sobre as diferenças entre uma pessoa leiga e uma bruxa realizarem um feitiço.
Assim, o que eu sugiro àqueles que buscam soluções para as suas vidas, é que, antes de recorrerem à magia, tentem resolver por meios considerados "comuns", pois apenas desta forma terão o controle de suas vidas. E isso vale para as bruxas também.
Energia Utilizada nos Feitiços

Existem algumas energias que atuam em nossos rituais:
É a Energia dos elementos da Natureza, como Ervas, Cristais, Componentes animais e também o uso das linhas de força do Planeta, conhecidas como Força Telúrica.
É aquela em que a Bruxa pede ajuda a seres ligados aos Quatro Elementos (Água, Fogo, Terra e Ar), isto é, trabalha com os Gnomos, Fadas, Salamandras, Silfos, Dragões e outros seres do mundo Astral.
Como o próprio nome diz, é o trabalho com as Energias dos Planetas. As Bruxas, de um modo especial, trabalham com a chamada Energia Lunar, pois a Lua é um refletor não só da Energia Solar como da Energia de todos os Planetas do nosso sistema.
É quando a Bruxa trabalha diretamente com os Deuses, evocando seu poder para o trabalho mágico.
É aquela gerada interiormente, ou seja, da própria fonte de energia interna da Bruxa. Essa energia é chamada Kundalini no Oriente, e nada mais é do que a energia sexual do ser humano, que, na verdade, é a nossa maior fonte de Poder Pessoal.
Quando a Bruxa ergue o Cone do Poder, ela está gerando seu próprio poder pessoal, através da energia sexual, ou está drenando energia de alguma das fontes citadas acima. O mais comum é utilizarmos várias dessas fontes durante um feitiço.
Quando trabalhar com os Deuses, procure não misturar panteões. Na dúvida, use os termos Deusa e Deus. Nunca trabalhe após as refeições e, no dia dos feitiços, procure não comer carne ou ingerir bebidas alcoólicas. Evite qualquer tipo de droga ou calmante, e tome somente os remédios estritamente necessários. Todas essas providências servem para que você não esteja alterado de qualquer forma no decorrer do ritual.
Da mesma forma, nunca faça um feitiço quando estiver doente ou esgotada fisicamente, a não ser numa emergência. Um ritual pode consumir muito mais energia do que uma partida de futebol. Cuide seu corpo físico também, tão importante quanto o espiritual.
As ervas devem ser queimadas dentro do caldeirão. O fogo deverá ser o foco da sua concentração. Gire em torno dele para criar o Cone de Poder. O sucesso de um feitiço depende muito mais da sua concentração que dos materiais utilizados. A força da emoção e da vontade é essencial para que se consiga bons resultados. Você pode criar uma espécie de mantra, que será repetido enquanto você gira ao redor do caldeirão. Esse mantra pode ser uma palavra que tenha a ver com o feitiço, uma canção ou rima criada de acordo com o seu desejo. É comum as Bruxas fazerem versos que são recitados durante o feitiço.
Para se fazer um Feitiço é importante que se tenha quatro itens:

- Desejo
- Concentração
- Visualização
- Expectativa

É preciso ter um forte desejo, pois um feitiço depende muito da carga emocional que você conseguir projetar nele. Você precisa saber exatamente o que você quer e permanecer firme a essa idéia. Também é necessária uma boa dose de concentração para que não se desvie do seu objetivo e possa manter uma imagem fixa do seu desejo durante o ritual.
Para que um desejo atinja os níveis mais profundos de nossa mente é necessário que ele seja expresso em imagens, pois o inconsciente trabalha através de símbolos. É importante que você consiga fazer uma visualização do seu desejo realizado, num quadro o mais perfeito possível. No começo, pode parecer difícil, por isso disponibilizamos no site alguns exercícios para visualização.
O mais importante é acreditar realmente que seu feitiço vai funcionar. Muitas vezes essa é a parte mais difícil, mas com o passar do tempo vamos aprendendo a ver como o feitiço age. Tudo no Universo tem seu tempo certo e temos que ter paciência e esperar o momento favorável.
Muitos feitiços no começo não se realizam por esse motivo. É preciso que você pesquise novos materiais, estude plantas medicinais (especialmente as da sua região) e crie novos feitiços de acordo com a sua personalidade. A prática da bruxaria é um aprendizado constante, um eterno exercício de criatividade.
Sempre que encerrar um Feitiço, diga: "Que o meu desejo se realize, para o Bem de todos". Isso evitará resultados desagradáveis.
Por último, é preciso ter paciência e aprender com os próprios erros, pois no começo nem tudo corre exatamente como desejamos. Muitas vezes um feitiço falha porque você não o realizou no momento certo ou precisa um pouco mais de concentração.
Uma observação: muito cuidado com a energia de Saturno, pois ela é muito destrutiva e perigosa para que não tem muita vivência nas artes mágicas. Evite, no começo.
Um feitiço pode ser muito elaborado e levar muito tempo para ser preparado. No entanto, pode ser extremamente simples como uma meditação ou uma invocação. Pergunte a si mesmo o que é necessário para você no momento.
Seja bastante específico ao elaborar seu feitiço ou pedir algo. Tenha cuidado com o que você pede, pois você pode conseguir. Então, pedir para "ganhar 1 milhão de reais" pode resultar em um acidente que te deixe paraplégica, mas te dê tal quantia em indenização. Ao terminar de escrever o feitiço não esqueça de colocar: "Que assim seja para o bem de todos".
As falhas de um feitiço


Freqüentemente me perguntam o que deu errado quando um feitiço falha. A primeira coisa que pergunto é se realmente falhou. É simples: basta analisar com cuidado o que você pediu e comparar com o que se manifestou. Por exemplo: se você tentou fazer se manifestar um carro novo e recebeu um modelo de brinquedo, você obteve o que pediu, independente do que esperava.
Como qualquer outra, a energia mágica flui através do caminho que ofereça a menor resistência. Se você der o roteiro mais fácil para alcançar seu fim, então é esse o caminho que ele tomará. Por isso, é importante não pegar qualquer feitiço que encontrar em um livro ou receber de alguém, como se fosse uma peça de porcelana a ser protegida e mantida em seu estado original.
Os feitiços são energias dispersas que são agrupadas e direcionadas para o seu objetivo pela nossa força de vontade e nossa necessidade exata. Eles funcionam melhor quando transformados para satisfazer suas necessidades e situações específicas.
No exemplo do feitiço do carro novo, deveriam ter sido incluídas palavras sobre a necessidade de um meio de transporte seguro para ir e voltar do trabalho, ou viajar para ajudar no cuidado de um parente enfermo, nos fins de semana. Fazendo desta forma, teria conseguido o carro para o transporte de seres humanos, em vez de um carro de brinquedo.

Um feitiço não dá certo por duas razões apenas:


1) Em primeiro lugar devido à energia e o empenho colocado no feitiço terem sido insuficientes (incluindo não ter objetivos claros);


2) Devido à existência de uma força oposta mais forte que seu feitiço.


As forças opostas não precisam ser de natureza mágica. Pode não ser mais que a vontade de um indivíduo em preservar seu direito de livre escolha. Você pode refazer um feitiço para superar o primeiro obstáculo; o segundo, geralmente, não pode ser superado. Às vezes o livre arbítrio de uma pessoa não pode ser quebrado, não importando o quanto você esteja disposto à sucumbir à tentação de realizar uma magia negativa. É o direito de uma pessoa resistir à sua magia e não sucumbir à ela e continuar a interferir nessa vontade alheia só resultará em aborrecimentos posteriores.
Você também deve ter expectativa realista sobre o que a magia pode e o que não pode fazer, e deve ter bom senso suficiente para saber quando a magia não é necessária.
De acordo com as leis naturais do universo, a magia não fará você voar, mas pode ajudar a encontrar o dinheiro necessário para fazer uma viagem de avião, ou a aprender projeção astral, ou jornada da alma. A magia não força alguém famoso, que você nunca encontrou antes, a se apaixonar por você, embora possa chamar a atenção para você de maneira positiva e criar um jardim fértil no qual o amor possa florescer.
A magia não pode fazer você ficar com uma aparência melhor, mais alto, mais gracioso, mais popular, etc., mas pode, temporariamente, projetar essas imagens a outras pessoas. Pode também realçar os dons que você já possui e lhe dar autoconfiança para superar as barreiras físicas e emocionais para esses objetivos.
Trecho retirado do livro "Trabalho Mágico Para Covens"

4 comentários:

Dama-da-Noite disse...

Adorei o post... Seu site tem me ajudado muito!
Guinevere, queria lhe fazer uma pergunta: É melhor ou pior fazer um feitiço durante um eclipse lunar?

Anônimo disse...

Muito melhor pois as energias estarão em plena sincronia e harmonia! Bom eclipse..já fiz até algumas coisas aqui!

Isabela disse...

Guinevere vc tem email ou algo que eu possa me comunicar com vc ?

Guinevere disse...

Bom Dia Isabela!

guinevere.campinas@gmail.com

ou

https://www.facebook.com/ACoruja?ref=hl