17 outubro, 2007

O Preconceito


A chave para enfrentar o preconceito é, como sempre, a coragem de assumir as diferenças.


E a coragem de assumir uma postura de vida realmente democrática, onde se aceite o conviver na diversidade.


Isso é o modo de viver de uma verdadeira Bruxa: respeitar e ser respeitada, em uma sociedade pluralista e livre, onde ela exerce, como qualquer outra, o direito à cidadania.


Respeito se conquista com educação das pessoas que nada sabem sobre nós, mesmo se esse for o trabalho de mais de uma geração.


Também se conquista com a demonstração do que é a Bruxaria pela nossa própria vida, com a harmonia tranqüila de quem realmente conhece os Deuses.


Não precisamos convencer ninguém, mas a nossa visibilidade social é a única garantia de que os tempos da fogueira jamais voltarão.

2 comentários:

Nana disse...

preconceito é uma coisa mt triste... mas existe e de várias formas...uma pena! Mas até nós que somos contra esse tipo de conduta, pré julgamos as coisas, até mesmo sem querer, mas trabalhamos para não sermos assim...isso já eh um grande passo!
tenha dias lindos!!
bjus tríplices!

Lovely disse...

Na escola, meus colegas vivem me chamando de macumbeira, bruxa sempre com o objetivo de me ofender, nunca me bateram ou me empuraram, até por quem eu sei derrubar eles, mas me da raiva em saber q eles ainda tratam pessoas diferentes como monstros