30 setembro, 2007

A Arte de Menstruar


Menstruar é um fato central na vida de qualquer mulher.
Entre as diferenças que existem entre homens e mulheres, 'sangrar sem morrer' certamente é uma das mais significativas e que deixou forte impressão na mente humana, desde o primórdio dos tempos.
Para nossas ancestrais da Idade da Pedra, o sangue menstrual era sagrado.
A palavra sacramento provavelmente se origina de sacer mens, literalmente, menstruação sagrada.
Menstruação significa "mudança de lua". Tem como sílaba-raíz mens, mensis, e está na origem da contagem do tempo. Forma palavras como medida, dimensão, metro, mente, para citar algumas.
O sangue menstrual, representando o poder de criar vida que conecta as mulheres com o próprio universo, era tabu, palavra polinésia significando "sagrado" e "proibido".
Nas sociedades tribais, a menarca, o início do fluir do sangue, era celebrado com um rito de passagem, auxiliando a menina a realizar sua entrada para o reino do mana: o poder sagrado transmitido pelo sangue e que tanto podia dar como tirar a vida.
Ao longo dos milênios, as mulheres têm desaprendido a arte de menstruar, de fluir com a vida. O que era sagrado tornou-se proibido, sujo, contaminado. A regra passou a ser esconder a regra.
O resultado disto foi que o evento central na vida de toda mulher madura tornou-se invisível. Mesmo mulheres "liberadas" acreditam que suas regras (aquilo que as rege) são uma inconveniência que deveria ser eliminada.
A decantada imprevisibilidade feminina é, em grande parte, decorrente das oscilaçes a que a mulher está submetida, ao longo de seu ciclo mensal.
É expressão da imprevisibilidade da própria vida.
Se você quiser se conhecer melhor como mulher: fique atenta ás oscilações que você sente durante seu ciclo menstrual observe a lua e note a diferença de menstruar na lua cheia ou lua nova anote seus sonhos e veja as diferenças entre ovulação e menstruação.
Elabore um mapa dos padrões para ajudar você a programar seu 'tempo da lua'.
Ritualize sua menstruação: aumente a fecundidade de sua vida, menstruando na terra organize uma noite de relaxamento, sozinha ou com suas amigas prepare comidas e bebidas especiais para os dias sagrados retire-se para um lugar especial, na natureza planeje uma noite de amor muito especial com seu parceiro (se ele concordar!)
Que a Deusa do Oceano de Sangue te abençoe!
Monika Von Koss

2 comentários:

Nana disse...

olá,amiga!!! como vai vc???
Adore o Post. Não entendo pq as mulheres de hj odeiam menstruar... é aceitavel nao querer sentir cólica, mas odiar menstruar é esgranho1 eu gosto...não tenho coragem e tomar remédio seguidamente p não nenstruar! Sei lá, eu sinto necessidade, parece q me purifica, que faz com q eu me sinta melhor, mais leve e revigorada!!!
ahhhh! ja ia eskecendo de dizer q vc eh destaque no meu blog! passa lá p pegar o selinho!!! algumas pessoas me disseram q meus selos nao estao abrindo no blog delas depois de publicados...não sei pq, ams espero q isso naoa conteça c vc!
bjus lunares!

Anônimo disse...

eu não gosto nada de menstruar, quem dera fose apenass uma vez ao ano.
E também não acho que teha nada de especial na menstruação, é mais uma maldição"